Pages

É HOJE OU AMANHÃ?!



Temos medos, sim!
Temos medo do que não conhecemos e nos faça sofrer
Temos medo do que conhecemos e nos faça tornar a sofrer

Medo de sofrer hoje
Medo de sofrer amanhã
Porque ontem, a alma, já sofreu

Senhor Deus,
purifica a nossa memória da dor
que tantas vezes congela o nosso passo vacilante
e o torna hesitante para avançar confiante e seguro

Tenho-me deparado, algumas vezes, com corações que têm muito medo do futuro, das incertezas do impossível “futuro garantido” neste nossos mundos,
sobretudo quando existe o desejo de formar uma família… o número de filhos…
e sempre que é preciso tomar “decisões decisivas”, passos importantes…
e para aqueles que não querem acreditar em Alguém maior que tudo isto, a situação complica-se ainda mais…

o que esperar destes mundos no… futuro?

ESPERAR…
ACREDITAR…
AMAR…

Esperança

Caridade

São pilares inabaláveis para quem os quiser agarrar com coragem
ESPERAR… ACREDITAR… AMAR…

Tens medo do futuro?
Então não vivas amanhã,
VIVE HOJE!
Como?
ESPERA confiante n’Ele
ACREDITA incondicionalmente n’Ele sempre,
AMA-O amando-te e amando o outro

ESPERA, ACREDITA, AMA
Qualquer que seja esse medo, coloca-o
nos braços fortes do Deus-Amante da minha Humanidade e
ouve, sente a resposta…vais encontrá-la seguramente

HOJE:
ESPERA, ACREDITA, AMA,
sob a luz do olhar sempre presente e atento
do teu Senhor e teu Deus!

8 comentários:

Fora-da-lei disse...

Deixou transparecer um pouco de um tema de um livro que andei a ler,mas de vez em quando releio-o,porque temos muito em comum,e que tem um pouco sobre esse medo.
******
Talvez receis o sofrimento que o amor profundo pode causar.
Quando aqueles que amas profundamente te rejeitam,abandonam ou morrem ficas com o coração despadaçado.
Mas que isso não te impeça de amar em profunidade.
O sofrimento que provém do amor profundo torna o teu amor ainda mais profícuo.
É como uma charrua que rasga o solo para permitir à semente ganhar raízes e tornar-se numa planta forte.
Sempre que experimentas a dor da rejeição,da ausência ou da morte,enfrentas uma escolha.
Podes tornar-te amargo e decidir não amar de novo ou podes enfrentar a tua dor com bravura e deixar que o solo em que permaneces enriqueça e seja capaz de dar mais vida a novas sementes.
Quando mais tiveres amado e permitido a ti próprio sofrer por esse amor,tanto mais capaz serás de deixar o teu coração alargar-se e aprofundar-se.
Quando o teu amor é verdadeiramente generoso e recpetivo,aqueles que amas não deixarão o teu coração mesmo quando se afastam de ti.
Tornar-se-ão parte de ti, construindo então uma comunidade dentro de ti.
(o texto completo colocarei no blog: Orvalho divino)
Henri Nouwen

Santo Domingo:)

anawîm disse...

Belíssimo texto...não o conhecia...vou espreitá-lo ao Orvalho Divino

joaquim disse...

«Mas não se perderá um só cabelo da vossa cabeça. Pela vossa constância é que sereis salvos.» Lc 21, 18-19


Senhor, que Te preocupas com um só cabelo da minha cabeça, vê como eu sou fraco e tenho medo.
Acredito que estás sempre comigo e no entanto… tenho medo!
Quero abandonar-me nas tuas mãos, repousar no Teu peito, beber da Tua água, comer do Teu alimento.
E Tu abres os braços para mim e acolhes-me junto a Ti.
Vês Senhor, como o meu coração se aquieta, se enche de confiança e se entrega à vida sem o medo que Tu de mim afastas-te.
É um momento Senhor, porque voltarei a sentir medo, porque sou fraco…
Mas confio Senhor, porque sei que estás sempre aí, a ouvir a minha prece, a contar os meus cabelos…

Abraço em Cristo

Fora-da-lei disse...

O livro de Henri Nouwen tem como título:
"A voz íntima do Amor" da Angústia à Liberdade, das Edições Paulinas.
Abraço

elsa nyny disse...

Anawim!

Quem sabe se haverá amanhã, não é?
È isso que eu penso sempre hoje...o amanhã pode nem existir, porquê preocupar-me? Vou fazer tudo hoje, vou amar tudo hoje...mas, sabes que ás vezes não conseguimos, porque o outro não deixa...e fico a pensar...que muitos sentimentos vão ficar no fundo da gaveta eternamente por desvendar, e muitas, tantas palavras vão ficar enroladas na garganta por dizer...e quando não houver amanhã...não adianta dizer... - podia ter sido assim, mas agora já não dá... - é por isso que luto, ou tento lutar...mas não é fácil...

A tua enorme sensibilidade e o enorme Amor de Deus que transportas contigo, ficam bem expressos em cada palavra tua...Obrigado!


Beijinhso no teu coração lindo!

anawîm disse...

elsa...elsa... isto nem parece teu!

Coragem, mulher amada por Deus... não tens que dizer tudo... faz a tua parte... se o outro não acolhe o Amor de Deus que lhe levas, por mais triste que seja, isso não te deve nunca desanimar

elsita, vale sempre a pena amar, tentar amar, e muitas vezes para isso nem são precisas palavras...como já te disse, um silêncio ou um olhar cheio de amor... não é uma luta, é uma entrega desinteressada. Nada esperes de ninguém, espera tudo só de Deus, e tem coragem

AMA, e o nosso Deus de Amor fará o resto, CONFIA... e pacifica o teu coração entregando esta dor nas mãos de Jesus Amante. Tu nada podes, mas n'Ele podes tudo...mas tens mesmo que acreditar.

elsa nyny disse...

Sim...eu acredito
e espero que o tempo não se acaba de repente...e que haja tempo...para ver os frutos, porque todo o lavrador quando lança a semente...espera um dia cortar a espiga madura...

OBRIGADO PELA FORÇA!

pe.cl disse...

Esperar, Acreditar, Amar...
Como concordo contigo Anawim...
Quem ama espera e quem espera acredita, é necessário que o amor verdadeiro transpareça nas nossas atitudes mais simples de cada dia.
Abraço em JC.