Pages

"...é que hoje parece bastar... um pouco de céu"

Cantei, dentro de mim, contigo,
este canto, que sentiste teu também,
mas agora permite-me que cante eu para o Rei e Senhor do meu coração:

“Só hoje senti que o rumo a seguir levava para longe…”
“Só hoje esperei já sem desespero que a noite caísse…”
e assusta cada amanhecer,
e assusta tanto cada anoitecer,
porque, atravessando as Tuas alamedas nunca “sei o que vem a seguir”
mas quem poderá calar o grito de quem caminha em Ti, só?
e só para Ti, em Ti, e em Ti, no mundo que gira?
e arrancas do peito o coração para o fazer correr… voar
atrás de Ti… pelos campos fora
por isso…
“…não posso ficar…”
dentro de mim, só
só dentro de mim ficar “um pouco de céu”

“…quero procurar…”
onde vive o Teu Coração.
Sem querer, Te persigo,
assim me inspiras a fazê-lo… assim, tão pobre que sou, que
nem é minha, a minha busca de Ti só

e planos meus para quê?,
Tu ris-Te, carinhosamente, deles
os Teus planos para mim é que são infinitamente belos
infinitamente amantes

às vezes não há “chão” que chegue para este coração
que umas vezes é tão grande,
que não cabe dentro de mim e se derrama
doce ou amargamente noutros corações

outras tantas vezes este coração é tão pequeno…
tão ínfima partícula, que o perco dentro de mim…
e não sei mais onde o deixei…
talvez o perca, sim
doce ou amargamente noutros corações

e ainda assim
tão ousadamente sabendo ser só só só Teu,
este tão coração, tão Teu, Senhor Criador de corações

sim, há qualquer coisa a nascer…
meu Deus… quererás devolver-me finalmente
esse “amor primeiro”, nesta noite tão negra da vida,
esse amor da primavera com que Tu, meu Rei, me cativaste
e me fizeste correr
voar… para sempre, para Ti só?

mas, afinal, não há palavras…
palavras efémeras há muitas,
mas perenes… só Tu, minha Palavra Amada,
Yeshuah Amado… Tu que és, “no fundo de mim”,
“um pouco de céu”

8 comentários:

andarilho disse...

Lindo...lindo...lindo...lindo..lindo..tão lindo que magoa a alma....

Está a nascer sim, estás a dar à luz no ventre da tua vida de filhinha do Pai a Vida Nova no Seu Espírito Santo…
AiAndorinha do Pai.. não voes tão alto para que possa ver o teu rosto que escreve tanta alegria do Céu...

joaquim disse...

Amigo anawîm
Não tenho palavras que cheguem para comentar esta beleza!
Como Deus enche o teu coração!
O meu dia hoje vai ser melhor por causa de ti, por deixares que Ele fale assim em ti.

Abraço agradecido em Cristo

Sei que existes disse...

"às vezes não há “chão” que chegue para este coração
que umas vezes é tão grande,
que não cabe dentro de mim e se derrama
doce ou amargamente noutros corações

outras tantas vezes este coração é tão pequeno…
tão ínfima partícula, que o perco dentro de mim…
e não sei mais onde o deixei…
talvez o perca, sim
doce ou amargamente noutros corações"
Bonito poema!
Beijos

andarilho disse...

Deixei algumas respostas que pedes voltei para te dizer que tens no teu e-mail algumas "letras", andorinha do Pai…

Sabes, um monge nunca fala muito e pior ainda, jamais fala dos seus companheiros de caminho… esse é um pouco de céu aqui já na terra a que o silêncio de um monge “obriga” a calar e a não falar do outro… perdoa a pouca ajuda..…

elsa nyny disse...

Ai! Anawîm...

Deixas-me sem palavras...
lembras-te..."eu nem sei escrever..." pois...tu talvez não...quem escreve é esse teu coração pedacinho de Jesus!

beijitos!

Anónimo disse...

Anawîm...


Eu já não sei se é a língua portuguesa (de Portugal) que faz com que tudo que vcs escrevam fique mais bonito ou se é a grandeza de suas almas que me encanta tanto.

Beijinhos respeitosos a todos que por aqui passam.

pe.cl disse...

Como é doce o teu cantar ANAWIM... Como serena o meu coração acelerado a "pena" com que por ti o Senhor escreve...
Que coração lindo que encanta a cada esvoaçar da alma.

Só me resta dizer obrigado. Abraço forte n'Aquele que nos conforta.

Tiago Almeida disse...

vim ver-te
tão lindo o cavalo
vai ver os meus amigos