Pages

...quando se flutua...



"Há sempre um pouco da Tua melodia no meu ouvido
há sempre um pouco das Tuas palavras que anseio ouvir
aproximas-Te sempre mais e mais em cada dia
tão perto que não percebo o que se passa"



Tão perto que não entendo
como é possível ainda Te fazeres mais próximo ainda
e mais, e mais, e mais, e mais, e mais...
E não entendo como alargas a tenda do meu coração tão pequeno
e mais estás... e mais Te fazes presente
e mais Te quero presente
e que tudo domines na minha vida
que leves para sempre a minha liberdade conTigo
que não a quero para mim
leva-me todo o meu ser inteiro, só para Ti
e torna-o digno de ser Teu
e em mim queima tudo o que não é Teu e para Ti,
sempre...
para sempre...
sempre...
sempre...
sempre...



sei que
"as pedras me ensinaram a voar
o amor, ensinou-me a encontrar-me e aí repousar
a vida, ensinou-me a morrer
assim não é duro cair
quando se flutua como uma bala de canhão"



"não é duro crescer
quando se sabe apenas que não se sabe"



"as pedras ensinaram-me a voar
e o amor ensinou-me gritar"
o louco amor que tenho por Ti, Yeshuah...
... sim, eu sei que Tu me amaste primeiro!

6 comentários:

pe.cl disse...

"não é duro crescer
quando se sabe apenas que não se sabe"

Como é bom ter-se consciência que não se sabe nada ante a imensidão desse Amor que nos inunda.

Abraço forte, Andorinha do Pai.

P.S - Levo-te comigo em peregrinação.

malu disse...

Dizes tanto aqui, Anawim, se é que não dizes tudo. No entanto, tudo o que Lhe possamos dizer, nos parecerá sempre pouco...
sempre...
Ou que nos fica ainda tudo por dizer.

Abraços.

joaquim disse...

«Tão perto que não entendo
como é possível ainda Te fazeres mais próximo ainda
e mais, e mais, e mais, e mais, e mais...

Até Tu te fundires em mim e eu me fundir em Ti...

«que leves para sempre a minha liberdade conTigo
que não a quero para mim»

Ah pois, amigo anawîm, que a nossa liberdade é tão limitada...
Mas a liberdade que Ele nos dá não tem dimensão, não tem fim, porque tudo é possivel no Seu amor...

Abraço forte e amigo em Cristo

Peregrino disse...

Perto... melhor já no Toque, no abraço... assim já estamos no Colo do Pai... perto pode significar ainda distância... sei que sim, que existe, ams não quero olhar para aí agora, quero antes o Toque... e não partirei sem a Sua benção...

beijo-te a alma de andorinha do Pai...

Ni disse...

"... quando se flutua..." por aqui, tudo parece mais fácil, real(mente)... alcançável.

Obrigada!

elsa nyny disse...

Mano, Mano!!!
E eu flutuo também nas tuas doces e sentidas palavras...
Lindo, muito lindo!

Beijinhos!