Pages

o Teu Rosto


Yeshuah… Tu que és o Rosto do meu Amor…
embora sem rosto, porque nunca te vi
Tu conheces esse meu desejo de te ver… tu sabes…
todos os que amamos têm sempre um rosto e eu gostava de ter o teu
impresso na minha memória
para me ser mais fácil trazer-te no pensamento
Perdoa-me este jeito tão humano de ser e desejar,
eu sei que me amas assim…

Busco-te, em cada manhã,
e vejo-te em mil rostos onde sei que vive aceso um pouco do teu rosto
e tu sabes como tantas vezes custa…
porque, nos Corações, junto com essa imagem de ti, habita sempre também o que não é teu,
o que não caminha para ti, o que te recusa
vejo isso no meu próprio rosto
vejo isso no rosto de tantos Corações

Hoje sei que olhas verdadeiramente para nós, é assim que nos queres
inteiros
nada anulas, tudo transfiguras, tudo renovas
basta aceitar ser feliz
decidir verdadeiramente ser feliz
e render-me ao teu encantamento…
… um encantamento que pode nada ter de brilhante ou até nada de belo
um encantamento, uma sedução que não é deste mundo assim como a alegria que dela brota
um encantamento que até à entrega radical da própria vida pode levar
ao acreditar e aceitar até ao limite as consequências do verdadeiro anúncio da Alegria do Reino, e da denúncia de tudo o que é do Reino do Não-Amor que só escraviza, desune, quebra, fragiliza, condena à infelicidade…
o desejo do teu Reino traz com ele um encantamento que nada pode ter de belo aos olhos do mundo
mas apenas é comparável e explicável com a beleza cativante deste mundo “adormecido”
O que poderá ter de belo o pelicano que não tendo o que dar de comer à sua cria, lhe dá de alimento o seu próprio sangue?

Só tu sabes bem do que te falo, porque me conheces o Coração inteiro
Só tu sabes bem o que permiti que fosses transfigurando em mim
tu, meu Amor fiel, a quem pedi tantas e tantas e tantas vezes
somente a capacidade de te ter presente no meu pensamento mil vezes em cada dia
Quero estar sempre contigo!
Quero estar sempre com a mais profunda Verdade de ti!
Quero ver o teu rosto em cada Coração que encontro
Quero amar-te em cada olhar que tem sede de ti e tantas vezes não sabe que é sempre a ti que busca
Quero porque sei que já o faço, e tenho-o desejado viver cada vez mais ardentemente
Queria contagiar o mundo inteiro com a Alegria da Vida que transborda de ti

Neste desejo que a Ruah em mim sopra, todo inteiro te tornas em mim um Dom de inesgotáveis bens e... neste desejo...
... sou feliz, meu Amor, Yeshuah… sou tão feliz
e mais rejubilo ao dizeres, de maneira tão especial, que é um viver irreversível...
Confesso que não entendo de onde vem esta alegria de desejar o Reino do Abba
Como se pode ser tão feliz por apenas desejar?
Tanta desta alegria vem de me maravilhar com tudo o que és tu… tudo
Tudo o que é teu é Belo… dessa Beleza que nada tem de bonitinho
Todo inteiro és Belo… dessa Beleza tão diferente, tão nova, tão criativa e recriadora
e todo inteiro és connosco
todo inteiro és comigo
Todo inteiro pegas em mim e me deixas estar contigo
Todo inteiro me mostras uma partícula de luz do mar imenso que é a Alegria da Casa eterna do Abba, onde só se vive e ninguém “dorme” mais,
onde finalmente te veremos face a face…
olhos nos olhos…
… Coração inteiro, no Coração inteiro!...

5 comentários:

Ni disse...

Um rosto "sem marcas", como o coração que ama... inteiro.

malu disse...

Tu ainda me vais converter, Anawim, vais, vais. Ainda me vais converter... eh eh

:)

Anónimo disse...

Bendito sejas, ó meu Deus, pelo previlégio de começar o dia desta forma!Hoje, Anawîm, nem precisava de ler nada, bastavam-me as imagens; o partir/partilhar o/do pão;a força e, a galope, do cavalo!ó Anawîm, quanta ligação o meu coração vê! mas, só ligação porque, vivência, essa, apenas alguns a têm!e tu sabes que é verdade. O poema/oração, esse, não tenho palavras, apenas lágrimas, muitas lágrimas.............. Agradeço-te de todo o coração a vivência aqui partilhada e toda a que se lê nas entrelinhas! Quantas vezes me interrogo, se serás deste mundo?! a resposta é fácil! não não és, apenas vives nele! corações como o teu apenas vivem nele!que previlégio, este espaço..............Obrigada por ti!!!!!!!!!!!!!!!!!
Maria C.

anawîm disse...

ni...
é... Coração inteiro é o que mais desejo, e cada vez mais transfigurado, e com desejo cada vez maior de "contagiar" toda esta alegre pobreza...
Sê feliz, ni... tens tudo para ser feliz!

maluzita!...
Fizeste-me dar uma daquelas gargalhadas... ui!... EHEHEHEH

oh Mariaaa...
que coisa!!!... Ai!... Apetecia-me agora mesmo dar-lhe um daqueles abraços grandes e quentinhos, assim, daqueles que sossegam o Coração durante muito tempo...! A Maria acredita?!... E só me ponho a pensar em como Deus a deve amar TANTO, TANTO, TANTO por esse belíssimo Coração que a Maria tem... tantas coisas teria eu vontade de lhe dizer...
Mas isto tenho mesmo que dizer: Só aqueles que não são "deste mundo" é que se "reconhecem" entre si...

malu disse...

Oh Anawim,

É como a Maria acima diz.
Não te passa pela cabeça o que também eu leio nas entrelinhas e a quantidade de imagens que estão nas tuas palavras e são impossíveis de se descrever.

Cada frase tua põe uma série de questões - "Como se pode ser tão feliz por apenas desejar? - como esta e onde cabe a de Jesus: "Quem tiver olhos que veja, ouvidos que ouça..." - é assim, mas o facto é que nos tocas de tal forma, que fazes transbordar do nosso coração, uma lava incandescente de amor que flui dentro de nós sem parar de correr e por minha parte, sem saber mais o que dizer. Não chegam as palavras e as que assomem à porta da nossa voz, ficam presas na garganta e recolhem por se sentirem tão pobres e roucas...

Bem hajas! Que o Amor te encha o coração e que assim, continue Ele a falar, a tocar-nos em ti.

Abraços apertados, fortes, sentidos!