Pages

como é...?

Como se dizem palavras sempre novas de um Deus sempre mais, sempre novo,
que sempre surpreende e sempre nos ultrapassa todas as medidas do que pensamos dEle?

Deus Bom… és tão Deus, tão vivo, sempre tão maior novidade do que eu consiga imaginar, que nem sequer cabes no meu desejo de Te amar!
És sempre mais… muito mais
É por isso que me apego tanto ao homem nazareno Yeshuah… porque nunca ninguém falou de Ti, e viveu conTigo como ele fala e vive!
E cada vez mais o meu olhar se fixa no nazareno Yeshuah… atrás dele, e com quem também o segue como eu, é mais seguro acertar o passo, na caminhada.

Deus Bom… amar-Te não pode ter medidas ou determinadas características, senão as de quem se sente comprometido com este nazareno Yeshuah, que sempre foi um homem livre e libertador de tudo o que torna as pessoas menos do que são…

Deus Bom… amar-Te é sempre descobrir-se parte de ti, com o nazareno Yeshuah!
Deus Bom… amar-Te é sempre muito mais do que estas palavras pobrezitas que eu vou tentando dizer de Ti!

Deus Bom… amar-Te, talvez seja esse mesmo desejo de Te amar, na maior verdade do que sou, no radical compromisso com o nazareno Yeshuah…

Deus Bom… amar-Te é desejar agora ser UM, conTigo, não amanhã, nem depois… é hoje.
Amar-Te é desejar fazer parte dessa dança em que vives com o Yeshuah e a Ruah
Ser Um com o Yeshuah, deixando-nos possuir pela Ruah, esse Teu Espírito de tantos nomes…
para sermos Um conTigo…





Acredito que isto é possível hoje e agora…
Acredito que isto é possível para mim… e é possível para ti
Aprende a desejar saber dançar… procura acertar o passo, e anda daí sim, estou a falar contigo… porque podemos deixar que Deus seja Deus e deixar assim que Ele faça o que nós não sabemos…

E… sê feliz, pode ser?...

9 comentários:

rui disse...

Sim, Sim, Anawim, pode ser!

Acredito em ti. Olha, deixas-me assinar também este post? Só para sermos cada vez mais a acreditar e testemunhar tudo isto, ainda que com "palavras pobrezitas", como tu dizes. Não importa... Deus é maior, não é?

Deixa-me assinar:

Rui

Ni disse...

Parece que ouvi chamar-me... Já cá estou!

Não sei dançar... estes pés não se ajeitam... mas não fiques triste, recebe-me nesses braços, abraça-me, e faz-nos dançar ao ritmo deste Amor... sem medida, nem cansaço... sem vergonha... só HOJE, este Hoje em que somos Um.

Amar-Te é ser feliz sem pensar...

Mila disse...

Oh Anawim,as palavras podem ser pobrezitas como tu dizes,mas a força com que as dizes são de uma riqueza tão profunda que me toca o coração e me fáz aprender sim, a desejar a saber dançar!
Em cada momento que por aqui passo é um passinho a mais que me ajudas acertar!
Obrigada.

Inês disse...

Obrigada *

Palavras são só palavras excepto quando as sentimos verdadeiras.
Obrigada pela verdade com que as usas!

Sol da manhã disse...

Adoro esta fotografia!!

É o máximo! Espectacular!!!!!!

(foi o que apeteceu mesmo comentar...) Esta foto é MESMO GIRA!!

Até me consegue arrancar um grande sorriso!!!

ESPECTÁCULO!

... disse...

Oi!=) Meu nome é Renata...
Sua vida nos inspira a prosseguir!!! Louvo a Deus por tua vida!
Bom saber que tenho a você como irmão! Que a igreja do nosso Deus, venha se unir como uma só, cada um exercer sua parte no Corpo, que nós venhamos a reconstruir o altar! Oro por um reavivamento nos espíritos vivificantes, para que haja uma nova porção de Temor, ou seja maior intimidade e consequentemente, Amor! A Paz do nosso Jesus querido esteja contigo amado irmão! =)

... disse...

Por Sua Vida!(ao Amado)

Meu coração vivo, DANÇA
Pelo Seu Amor Ele dança
Minha alma se alegra
Pelo Seu Amor ela se alegra
Meu corpo treme
Pelo Seu Amor ele treme
Meu orgulho é derrubado
Pelo Seu Amor é derrubado
Meus lábios cantam
Pelo Seu Amor eles cantam
Levantem-se lírios dos campos
Levantem-se andorinhas que planam
Levantem-se estrelas que brilham e deixaram de brilhar
Levantem-se animais dos campos
levantem-se criaturas do mar
Levantem-se todo ser que respira ou deixou de respirar
Pois tanto a vida quanto a morte fazem parte dEle...
Levantemo-nos, pois, para encontrá-lO, e adorá-lO
Pelo Seu Amor, pela Sua Vida!
-Rê =)

Ni disse...

Desculpa, Anawîm... Desculpa esta invasão... Mas não resisti (sim, tentei...) a deixar-te um abraço que se conseguisse era silêncio.
Sei que é grande o risco de parecer rídicula... mas, se conseguires, acredita que não é preciso conhecer as pessoas para gostar delas, para Lhe contar da preocupação que sentimos sem explicar e até para sentir saudades.

joaquim disse...

Amigo anawîm, estou a ficar preocupado...

Saiste a dançar e ainda não voltaste...

Se estás a aprender os passos da dança dEle e com Ele tudo bem...

Mas fico a pensar...

Abraço amigo em Cristo