Pages


Tão pequeno... tão grande...
Menino... Deus...
Como cabes Tu dentro de mim?...

Tão pequeno e tão grande...
Rasga-me a alma
Espírito de Deus...
escava na humanidade profundezas insondáveis

Torna-me...
Torna-te...
interiormente
...mais vasto que os céus...!!!
aí onde só Ele cabe
aí onde só Ele pode habitar
aí tão aconchegado
tão pequeno...tão grande...tão dentro de mim
...tão dentro de ti...

5 comentários:

Ver para crer disse...

Agradeço e retribuo as Boas Festas de Natal.
Que o Deus Menino nasça no coração de todos os homens!

Eremita disse...

Palavras para quê...?
Bem haja e Santo Natal

antonio disse...

Que a luz do Natal permaneça em nós.

Um comentário à gravura:
Se já viram o filme "O Nascimento de Jesus", reparem nas oferendas que os Reis Magos trazem nas mãos.

Nesta época (já se) acreditava que a mensagem desta quadra se destinava a todo o mundo, só que no seu imaginário o mundo era europeu, a julgar pelos Reis Magos...

elsa nyny disse...

Que lindo poema!!
Obrigado!
E Feliz Natal!!
Ontem foi Natal, e hoje também!!!

:))

Pe. Vítor Magalhães disse...

Gostei,... estás linkado no Reflexões,... aproveita o ano 2006 e bom 2007. Pe. Vítor