Pages

Esperar... amar
















Há momentos na vida em que, num fervor louco, o mundo inteiro está ao alcance de um abraço… tudo é nosso, o tempo, as cores, a música, os pássaros que cantam só para nós… também eu vivi esse sonho, e tantas vezes o revivo

Mas há momentos em que há algo que se quebra, como aquelas nuvens sombrias que querem chover… e teimam em nunca mais chover
e fazem-nos esperar…esperar…esperar…como se tivessem marcado encontro connosco, e teimam em não chover
Como aquela Páscoa que o Mestre tão ardentemente queria comer com eles…
como a flor que teima em nunca mais desabrochar
esperar esperar esperar, amar amar amar é o que nos resta

e às vezes é doloroso como um fogo,
e às vezes é suave como a onda do mar que depressa se transforma em espuma e silenciosamente diz que volta já, brilhando… e volta, e torna a voltar…
e eu espero sempre por essa onda que volta porque a vida se repete como as estações
porque a vida é uma espera do que não sabemos que voltará a ser:

filhos da eternidade… filhos de um Deus

é estranho, para a nossa mente limitada, saber que Deus… desde sempre existiu, e sobretudo desde sempre nos sonhou, a cada um de nós,

sim, sonhou-te desde sempre (se esta conjugação do verbo não existir, invento-a eu agora)…

gosto de acreditar que os corações, mesmo não O conhecendo nitidamente, mesmo buscando-O sem saberem que é só a Ele que buscam… um dia, mesmo quando não existir tempo, acabarão por se render ao abraço amante deste Deus infinito…
sim, com a liberdade que Ele nos deu, só nós poderemos escolher esse momento para O abraçar… mas temos a eternidade toda para o fazer, para correr para os braços d’Ele (soa a heresia? Se calhar sim…)

No final sem final, eternamente, só o Amor poderá vencer,
só Ele cativará todos os corações…

4 comentários:

elsa nyny disse...

Anawîm!!

Adorei chegar aqui e ler este Hino!!!

Lindo, lindo...simplesmente!!!

Beijinhos!
:)

andarilho disse...

O AMOR... o beijo divino feito toque... que fica no sabor dos lábios de quem pronunciou um dia a palavra Yhavee..

Abraços na alma Andorinha do Pai...
ora por mim, o meu voo anda desordenado..cada vez me sinto mais ferido nas asas.. e cada vez o voo se torna mais curto.. óh como desejava voar eternamente e ter como terra para aterrar e repousar do voo, um campo de trigo de espigas douradas...

Sei que existes disse...

O amor vence sempre!... Mesmo no silêncio, na sombra, onde não se vê... ele está lá e vence sempre!...
Beijinhos

joaquim disse...

«Agora permanecem estas três coisas: a fé, a esperança e o amor; mas a maior de todas é o amor.» 1Cor 13, 13

Linda oração.

Abraço em Cristo