Pages

Deixa...



Deixa-me adormecer aí, suavemente
nessas melodias que só falam de Ti
quereria que esse instante fosse eterno
que o eterno tivesse a intensidade desse instante

queria agarrar essas letras
que transbordam de palavras
cheias de quietos e silenciosos poemas só Teus, só Teus…
que não são de mais nada nem ninguém, só Teus…
estendo a minha mão para os agarrar…
mas é como quem tenta agarrar três ou quatro estrelas dos altos céus…
nessa noite, estrelas como areia
deslizam entre os meus dedos, porque nada pode ser meu…

Porque meus são todos os grãos de areia, espalhados pelas praias
Meu é o mar imenso que ninguém jamais pode abarcar
Meus são os ventos, nas brisas, nos sopros agrestes
Meu é o ar que respiro
Minha é a copa da árvore… tão alta, que ousada quer tocar os céus
e minha é a sua raíz escondida…
de onde bebe as águas de vida que jamais secam, para se erguer
Meus são os montes altos ou baixos para onde tantas vezes corro… à Tua procura
Meus são os vales de alegres ou tristes humanidades…
… onde, afinal, verdadeiramente Te encontro

Meu és Tu, meu Yeshuah, Senhor dos Céus e Terra
Porque eu, a mim não me pertenço
Assim quisesTe que este coração fosse só Teu
só porque assim quisesTe, sem mérito algum meu

queria agarrar essas letras
que transbordam de palavras
cheias de quietos, suaves e silenciosos poemas só Teus, só Teus
deixa-me adormecer aí, suavemente
nessas melodias que só falam de Ti
quereria que esse instante fosse eterno
que o eterno tivesse a intensidade desse instante
nessa noite, estrelas como areia…

11 comentários:

Peregrino disse...

Na poeira sentirás o agarrar da verdade das coisas... nada é nosso, tudo nos é dado e passa por nós em Cristo e por Cristo nos irmãos...

Ni disse...

Teu é tudo isto que partilhas aqui... Tudo o que és... Tudo o que é Dele.
Teu são estas letras, ricas em palavras, as estrelas que contemplas e se perdem a olhar por ti...
Teu é o poema, lindo, profundo... só Dele.

A Capela disse...

Anawim,

Teu, é já este pedaço de Céu
que cantas, mais que o escreves.
Porque danças,rezas e nos serves
de tudo o que é dos anjos e Seu
Numa escada de sol sem ter fim...

:)

Abraço da Malu

pe.cl disse...

..."deixa-me adormecer aí, suavemente nessas melodias que só falam de Ti"...

Quisera eu adormecer suavemente nas melodias que me falam do Amor Amante, o Deus da minha vida, adormecer suavemente para não mais acordar.

Abraço em Cristo.

Mara disse...

anawîm...


Ler vc e os comentários é uma oração.
Nada mais tenho a dizer.
A não ser tb, pedir a Deus que continue nos abençoando a todos que por aqui passam e os que não têm o prazer de conhecer seu espaço tão de Deus.


Uma amiga do Brasil.

Fora-da-lei disse...

Bonito,mas os "Meus" ....é que sempre me fizeram uma certa alergia. ....rsr.
Se pudesse retirava os pronomes possessivos do vocabulário....(sorri)
Nada é nosso,nem mesmo a nossa alma,estamos aqui por empréstimo divino.

anawîm disse...

peregrino do Reino dos Céus,
neste mundo de pó e sombras, nada é nosso, e tudo é nosso, sim, por Ele, o Cristo, razão e essência Única de tudo...

ni,
sejas sempre tu também, verdadeiramente d'Ele só, pois te sonhou, te criou e ama cada partícula do teu ser... pois és parte d'Ele... e tu, n'Ele, sempre poderás dizer ser tudo teu.

malu... malu...
que bonito é ver sempre por aqui esses fios de ouro reflexos do Sol que trazes em ti ;)

pe.cl,
sim... nessas melodias inebriantes do Amor de Deus, nelas adormecer, e viver assim... "embriagados" desse Amor... a todos dando de beber esta mesma Paz, essa Presença d'Ele só, em tudo e todos...

mara,
seja o nosso Deus, o nosso Único... ainda que todos os pobres poemas que O cantam, se varressem, porque são efémeros, da face da terra, ainda assim Ele Se revela, até na beleza das rochas mudas e frias que contemplam as praias...

Rebeldia do Pai,
mais que os pronomes possessivos, a mim, me fazem "alergia" toda e qualquer espécie de empréstimos... enquanto não acolhermos e entendermos a gratuidade do Amor que nos é dado, o Amor que nunca exige nunca uma "moeda" de troca, não poderemos entender a plenitude e loucura do Amor incondicional do Pai.
Jamais poderás arrancar os "possessivos" do vocabulário do teu coração... porque foste criada por Deus, e, tal como a obra criada por um artista é uma parte de si próprio, tu és assim uma parte do teu Deus.
Nunca entenderemos a vida em plenitude, sem acolher no nosso íntimo a realidade de um mundo que foi criado para nós, não poderia ter sido criado ao acaso... ou por puro capricho de um Deus, mas somente com o fim de conhecermos e reconhecermos essa Beleza de Deus, em tudo o que existe, e o Seu Olhar sempre presente, no qual o Filho aceitou assumir a mesma humanidade que a nossa, para vir habitar connosco...
menina tão de Deus, tudo é teu, sim... e nada terás nunca de devolver, porque apenas serás feliz acolhendo toda a beleza da criação, onde Ele Se revela para ti e por ti.
Fizeste-me lembrar a história que alguém me contou, há muitos anos atrás, alguém muito especial que já partiu para o Pai:
"o bater delicado e suave de uma belíssima borboleta, aqui e agora... pode ser o início de um furacão, numa grande tempestade, do outro lado do nosso planeta terra"...
e é aqui, que o nosso Deus anseia uma resposta nossa, na profunda liberdade que deu a cada coração... tudo é teu, sim, e porque tudo é teu tens a grave responsabilidade de nele participares activamente... na continuação desta obra criadora de Deus... em que o simples "bater de asas" de uma frágil borboleta pode fazer nascer a mais bela obra por Deus sonhada, ou fazer nascer uma guerra mundial.
Hoje, aqui e agora, tu e eu somos criação com o Criador, tudo é teu, tudo é meu... assumamo-la como nossa, participemos nela sabendo-a nossa...
abraço a tua alma belíssima, menina tão de Deus

joaquim disse...

«Meu és Tu, meu Yeshuah, Senhor dos Céus e Terra
Porque eu, a mim não me pertenço
Assim quisesTe que este coração fosse só Teu
só porque assim quisesTe, sem mérito algum meu»

Pertencer-Lhe assim, todo entregue, reconhecer que nada somos, nem nada podemos se não nos vier da Fonte que tudo nos dá de graça e em graça, apenas por Amor...

Abraço amigo em Cristo

A Capela disse...

é bom, muito bom estar aqui :)

e é como a Mara diz, porque de facto no sentimos em oração. O Anawim embala-nos nessa canção que subirá ao Céu, por Sua bondade e que na mesma nos sorri.
Tanto O queremos, tanto nos chegamos a Ele, que acabamos recebendo a graça do Seu sorriso.

Abraço todos os que aqui passam.

elsa nyny disse...

Mano!!!

Fico mais um pouco e leio e releio o teu coração de Jesus...como é bom ler, como é bom sentir isso!
agora convido-te a - JUNTAR AS TUAS MÃOS...POR UMA CAUSA! Vem colaborar!

beijinhos!

anawîm disse...

amigo joaquim,
malu,
elsita....

abraços fortes, no Deus-Todo-Amor