Pages

... fome e sede de TI, Abba Amado...



Em cada minuto que passa
só vejo fome e sede de TI, Abba Amado
fome e sede de tanta Verdade que és TU…
apercebo-me disso umas vezes mais que outras…
e tu, que por aqui passas, não o sentes assim…?

Já muitas vezes pensei nisto…
que o tempo que se vive agora é um “sono”… uma "morte"
que servirá apenas para construir a vida que há-de chegar,
e aquele momento definitivo da passagem é um instante de tempo
que é “visto” somente pelos que ainda continuam esta caminhada, neste “sono”.

Esta vida, este “sono” Senhor meu,
teceste-o como uma teia magnificamente elaborada
rica de tanto simbolismo que só um Deus como És seria capaz de criar,
tudo se interliga… tudo faz sentido ligado a algo… tudo se complementa
nada existe isolado, tudo interage entre si…
simbolos… imagens… um belíssimo “quadro” em que se lê
Um Deus que não aguenta sem nos amar, unindo-Se a nós, através de Jesus
Um Deus que não aguenta sem tanto tanto querer dar-Se a conhecer,
Um Deus que não aguenta sem nos mostrar o que tem guardado para nós:
tanta felicidade, que seria impossível experimentá-la toda neste “sono”,
Um Deus que não aguenta ver este sonho sob o olhar d’ELE que somos nós,
sem que ELE mesmo Se queira dar TODO ao nosso Coração…

oh Abba tão BOM… tão Único…
Tudo o que é bom, neste “sono”, é sinal do que nos queres dar, gratuitamente, na Vida!
É tudo ao contrário, sim… este “aqui”, não é a vida… a vida só há-de vir depois, depois…
Comer, beber, vestir, dormir, acordar, respirar, saltar, andar, mergulhar, correr, sorrir… abraçar… oh Abba-Todo-Amor… tudo o que é BOM e BELO me fala de TI
Todo Te vais mostrando neste “aqui” em que vamos aprendendo a construir a Vida!
Tudo o que é Belo é um sinal de TI

Tanto… tanto… tanto tens guardado para nós… aqui é sempre tudo ao contrário, pois é!!! porque neste “aqui” nada é o que TU És… são tudo sinais… símbolos…

Tudo fala de TI…
mas nada que fala de TI és TU…
… é por isso que És sempre mais… sempre mais… sempre mais
e com o Teu Ser sempre mais… também o nosso Coração TE deseja sempre mais, sempre mais, sempre mais… como quem tem fome e sede de alimento.

e o que faço eu para construir a minha Vida?
e o que fazes tu, para construires a tua Vida?
e o que fazemos nós?
por aqui… vamos “treinando” como já ouvi alguém dizer tão bem
e ao “treinar” já começamos a viver uma pequenina parte do que será esse Viver
e se esse Viver é a alegria da Festa da Comunhão,
então “aqui” já podemos começar a pôr a mesa…
e imaginando o que virá, tanta alegria já nos vem… tanta alegria!

1 comentário:

rui disse...

OBRIGADO!!!

O Coração também deve ter Paladar, porque eu agora fiquei aqui com um gostinho de Esperança e de Desejo tão, mas tão Bom...

Hmmm...