Pages

O "poema" é teu... a oração é tua...

.
.
.
.
.
.
.


.
.
.

"Bom Deus, segura-me até quando sem pensar Te chamo...
quando os pés não encontram chão firme
e as mãos se levantam à procura de certezas.
Tu, Amor, és o certo que tenho."

Ni
.
.
.
.
.
.
"BRISA

PROCURO-TE !no Caminho,
sentindo seu OLHAR.
BUSCO-TE !na Palavra e Eucaristia,
ouvindo SEU FALAR.
ENCONTRO-TE !na Missão.
amando a VIDA ,CONTIGO .

SHALOM !"

Alvorescer
.
.
.
.

"Sou eu que me seguro?
Ou Tu que me seguras?...
Forte és Tu...
Eu balanço...
De segurança em segurança...
Tenho medo...sempre tenho medo.
Medo de saltar..
Medo de me deixar guiar...
Medo de deixar de ter os pés acentes no chão que sou..."

glória
.
.
.

"Seguro-me a ti, Mestre,
mão estendida d'Aquele que Israel aprendeu a chamar "Rocha, Baluarte e Fortaleza",
seguro-me a ti como criança, como amante, como discípulo e como irmão caçula...

Seguro-me a ti, Mestre,
porque a estrada não é sempre direita nem a direito, e o volante nem sempre pára nas mãos certas...

Seguro-me a ti, Mestre,
já que as pernas se tornam fracas e sozinhos todos caem! Todos.

Porque te amo e me amas TANTO, meu Mestre."

Rui Santiago
.
.
.
.
.
.
.

"Se é Tua a Palavra de Vida Eterna
A quem iremos, Jesus Senhor,
A que nos haveremos de agarrar senão a Ti?
Quem é a nossa Esperança senão Tu?"

em ad-oração
.
.
.
"ao alto ,vislumbramos e buscamos.
alongando e flexionando,
naturalmente preparamos-nos.
para o bem estar,
ao lado, acima, abaixo.
naturalmente o eixo-central, alcansando.
ao alto ,buscamos .
e alongamos,sempre buscando."

Anónimo
.
.
.
.

8 comentários:

Anónimo disse...

ao alto ,vislumbramos e buscamos.
alongando e flexionando,
naturalmente preparamos-nos.
para o bem estar,
ao lado, acima, abaixo.
naturalmente o eixo-central, alcansando.
ao alto ,buscamos .
e alongamos,sempre buscando.

em ad-oração disse...

Se é Tua a Palavra de Vida Eterna
A quem iremos, Jesus Senhor,
A que nos haveremos de agarrar senão a Ti?
Quem é a nossa Esperança senão Tu?

Rui Santiago disse...

Seguro-me a ti, Mestre,
mão estendida d'Aquele que Israel aprendeu a chamar "Rocha, Baluarte e Fortaleza",
seguro-me a ti como criança, como amante, como discípulo e como irmão caçula...

Seguro-me a ti, Mestre,
porque a estrada não é sempre direita nem a direito, e o volante nem sempre pára nas mãos certas...

Seguro-me a ti, Mestre,
já que as pernas se tornam fracas e sozinhos todos caem! Todos.

Porque te amo e me amas TANTO, meu Mestre.

glória disse...

Sou eu que me seguro?
Ou Tu que me seguras?...
Forte és Tu...
Eu balanço...
De segurança em segurança...
Tenho medo...sempre tenho medo.
Medo de saltar..
Medo de me deixar guiar...
Medo de deixar de ter os pés acentes no chão que sou...

Alvorescer disse...

"BRISA"

PROCURO-TE !no Caminho,
sentindo seu OLHAR.
BUSCO-TE !na Palavra e Eucaristia,
ouvindo SEU FALAR.
ENCONTRO-TE !na Missão.
amando a VIDA ,CONTIGO .

SHALOM !

Anawîm disse...

Caro Anónimo... e Em-Adoração... um abraço agradecido pela partilha.

Caro Rui Santiago... mais uma vez te agradeço seres quem és, Homem de Deus. Um Abraço bom para ti.

Glória... deixas-me sempre sem palavras com a profundidade das tuas partilhas. Um Abraço grande.

Alvorescer... SHALOM SHALOM SHALOM disseste tanto...

Ni disse...

Bom Deus, segura-me até quando sem pensar Te chamo... quando os pés não encontram chão firme e as mãos se levantam à procura de certezas.
Tu, Amor, és o certo que tenho.

Anawîm disse...

Ni...
Já se sentia falta da ternura das tuas palavras por aqui...
Um abração para ti